IMÓVEL NA PLANTA - DÚVIDAS E DESPESAS

julho 07, 2016

Olá, pessoas! Tudo bem?

Hoje vou contar a minha experiência sobre compra de imóvel na planta. Antes de qualquer coisa, quero esclarecer que tudo que aprendi e vou compartilhar são frutos da experiência que eu tive (com a construtora que escolhi, banco, imobiliária etc.) e que isso pode mudar dependendo das escolhas de cada um.

    Via

Antes de falarmos sobre a burocracia da compra, vamos ver umas perguntas frequentes:

O que é um imóvel na planta?
É imóvel que ainda não está pronto. Ou ele vai ser construído e já está a venda, ou já está em fase de construção.

Quanto tempo demora para ficar pronto?
Depende. O tamanho do empreendimento pode definir isso. Por exemplo: se você compra um apê na planta de um condomínio com torres de 30 andares provavelmente ele vai demorar a ficar pronto. Alguns levam 3 anos, outros podem levar até 5 anos! No meu caso, o prazo era de 2 anos para torres de 4 andares.

Sabendo disso, vamos ao passo seguinte:

O que devo fazer antes de comprar um imóvel?
O meu conselho é: pesquise! Veja a reputação das construtoras, pois muitas atrasam as obras e dão a maior dor de cabeça. Quando escolher a construtora (ou o empreendimento), não deixe de perguntar tudo sobre o imóvel. 
Não compre por impulso. Seja paciente e consciente, pois é um investimento grande que precisa se adequar às suas necessidades. 
Peça o memorial descritivo para verificar tudo o que vai ser usado na construção. Nele vem as marcas dos pisos, vasos sanitários, pias, etc., e você poderá ver a qualidade de tudo e confirmar se isso foi entregue depois.

Após pesquisar e escolher o tamanho do imóvel que você precisa, localização etc., você pode dar início à papelada da compra. Você pode fazer isso direto com a construtora ou com um corretor, no meu caso foi com um corretor e ele me auxiliou para que  tudo corresse bem. E foi dessa forma:


  • Primeiro, foi feita uma análise de renda para saber se eu podia arcar com o valor(você pode compor a sua renda com a de outra pessoa e ela não precisa ser da família);
  • Pediram todos meus documentos básicos, mais comprovantes de renda (inclusive faturas de cartão de crédito);
  • Para que a unidade fosse reservada, tive que pagar um valor x, mas que não era uma "entrada" (nem todas as imobiliárias vão pedir);
  • Todos os documentos foram mandados para o banco (no meu caso, Caixa Econômica Federal) para aprovação do financiamento;
  • Passados 20 dias, o banco aprovou o financiamento e imobiliária pediu que assinasse os papéis da Caixa, para finalizar o financiamento;
  • Então, assinei o contrato de compra com a construtora;
  • A Caixa econômica Federal financia um valor x e esse valor depende da sua renda, quanto maior ela for, mais você consegue financiar. No meu caso, o banco financiou 80% do valor e o restante eu tinha que pagar à construtora como uma entrada;
  • Essa é a melhor parte de comprar um apê na planta: ter tempo para pagar a entrada caso você não tenha o dinheiro em mãos. Se o apartamento vai levar 3 anos para ficar pronto, você parcela a entrada nesse prazo e fica mais leve.
Obs.: Você só começa a pagar o financiamento quando o imóvel ficar pronto!

O que eu vou gastar?
Essa é a parte mais preocupante, não é? Eu já começo com um conselho: guarde dinheiro e esteja preparado para todo imprevisto!

  • Você pode precisar pagar a reserva da unidade, como eu. E esse valor é bem salgado. No meu caso, custou R$ 5.000,00. (mas esse valor foi abatido no preço total do saldo devedor, ta?);
  • Assinado o contrato, terá que pagar o seguro que o banco cobra. Na caixa ele custou pouco mais de R$ 500,00 reais;
  • Durante a fase de construção, você paga um valor todo mês (INCC ou IGP) para o banco. Esse valor é pago para reajustar o seu saldo devedor e você não ficar com uma dívida ainda maior quando começar a pagar o financiamento. O preço varia todo mês de acordo com a tabela mas no meu caso não eram valores absurdos, variou de R$ 70,00 a 100,00 reais;
  • Mesmo que o imóvel não esteja pronto, você já vai precisar pagar a escritura. Se prepare para esse item, porque ele também é bastante caro;
  • Parcelas da entrada: o valor que o banco não cobriu, que pode ser parcelado durante a fase de construção;
  • Ao fim da construção, você começa a pagar o financiamento;
  • Algumas construtoras cobram a entrega das chaves e enxoval do condomínio.

Todo o processo de escolha e liberação do financiamento durou um mês. Lembrem-se que essas exigências variam de um estado para outro.

Espero que esse post tire suas dúvidas e te ajude de alguma forma. Essa foi experiência que eu tive e achei até bem simples. Caso você tenha alguma dúvida ou colocação, fique a vontade para dizer nos comentários. Será um prazer ajudar :) Até mais!


Você pode gostar também

8 comentários

  1. Que blog lindo é esse mulher? Amei amei! Parabéns pelo domínio mas uma vez!
    Amei o post... mas ainda assim vou tentar fazer do método tradicional e comprar meu terreno pra construir a casa do meu jeitinho :) Deus me ajude!
    Beijos, e sucesso sempre!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Babi! O meu sonho, como futura arquiteta, é fazer minha casa do zero também. Apartamento é muito prático, mas nada como uma casa espaçosa, né? Beijão e Deus vai te ajudar sim <3

      Excluir
  2. Olá, realmente um blog com domínio registrado é outra coisa, só por esse fato, já sentimos um ar de algo mais profissional!
    Em relação ao imóvel na planta, comprei um no ano passado pleo plano MCVD, com prazo de entrega de 3 anos. Estamos esperando ansiosamente pela entrega...
    E no seu caso, seu apto já foi entregue?

    Esperamos sua visita:
    www.verdadeirahistoria.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! O meu também foi MCMV e vai ser entregue ao fim desse ano ainda. Dá muita ansiedade, né? Boa sorte com seu imóvel e obrigada pela visita! Beijo.

      Excluir
  3. Amei o post Dri!! Meu sonho é comprar um imóvel, e amei as dicas! Parabéns pelo domínio e sucessoooo !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Muito obrigada! Beijo.

      Excluir
  4. Estou começando a entender melhor sobre esse assunto, pois pretendo comprar meu imóvel nos próximos anos. Me ajudou bastante esse post, porque temos que nos planejar para vários outros gastos além das parcelas em si, né? Obrigada pelas dicas. Beijooos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem que planejar bastante porque surgem coisas pra pagar do nada! Fico feliz que tenha ajudado! Beijo

      Excluir

Pinterest

Google plus